Após o feedback positivo do primeiro texto de minha autoria, lançado recentemente, venho dar a notícia de que as minhas colaborações serão mais frequentes no Clube WDW. De tempos em tempos sairá um pequeno ensaio de conteúdo amador, porém com a pretensão de convidar os leitores a refletirem e sonharem junto comigo.

Simbora?

Nestes tempos difíceis convido os leitores a viajarem comigo para o Walt Disney World Resort. Vocês devem pensar que eu estou maluco ou fazendo uma brincadeira sem graça. Não é o caso.

Vamos viajar por intermédio do texto. Topam?

Nesta primeira viagem aportaremos no Magic Kingdom.

Imaginem que já descemos do Monorail e nos encaminhamos para a inspeção de segurança. O dia apresenta um céu totalmente azul. Não se vê uma nuvem sequer, porém, o calor é apenas leve. A fila caminha com rapidez, tudo certo com nossos pertences e logo acessamos as “catracas” de entrada. 

MagicBands a postos, ouvimos o som característico e um sinal verde nos é dado. Convido todos a olharem para o alto. Logo acima está uma placa de cor preta com ornamentos dourados contendo a seguinte inscrição:

“HERE YOU LEAVE TODAY AND ENTER THE WORLD OF YESTERDAY, TOMORROW AND FANTASY”

“Aqui você deixa o hoje para trás e entra no mundo do ontem, do amanhã e da fantasia”

Pronto, logo à frente o parque mais icônico da Disney. Passamos o vendedor de pipocas e avistamos a Minnie Mouse na Praça da Main Street, U.S.A. O parque está bastante cheio mas não o suficiente para que as pessoas se atropelem. 

Contornando o City Hall e a Harmony Barber Shop miramos a imagem mais celebrada de todo o mundo mágico, o Castelo da Cinderela. Após a foto clássica, você pede para entrar na loja Emporium, porém eu advirto que temos um FastPass para a Splash Mountain na janela entre 9:05 e 10:05 A.M.

Visitaremos a Emporium no fim do dia.

Você concorda e assim “cortamos caminho” pela Adventureland. Contornando o hub central, flertamos com a ideia de pegar a segunda saída à esquerda para, dessa forma, pedir um funnel cake na Sleepy Hollow, mas o tempo urge e por isso pegamos a primeira saída. 

Em poucos segundos estamos em Agrabah. Difícil esquecer do Pineapple Float quando de soslaio vemos o Aloha Isle, porém, ainda há certa caminhada para encontrar o Br’er Rabbit e sua turma. 

Fitamos os Piratas do Caribe e ouvimos em tom baixo “A pirate’s life for me”. Seguimos. Ao passar pelo Pecos Bill Tall Tale Inn and Cafe (eita nome grande) lembro-me da mesa de toppings e a fome aumenta. 

Ainda é cedo, mas os aromas diferenciados sentidos no Magic Kingdom já aguçam o meu paladar. 

Olha ali, a Tom Sawyer Island. Você sorri! Lembra que estamos perto da primeira atração. Enfim, entramos na Frontierland e lá está a Splash Mountain. A placa indica que “You May get Wet”. E daí? Viemos para isto. 

A fila com a temática bem realizada nos dá a medida que estamos em “Br’er Territory”. Que benção o Fastpass e, por causa dele, chegamos rápido ao bote que carrega 8 pessoas. Temos o privilégio de pegar o assento da frente.

Eu penso em voz alta:
“- Como é bom voltar à minha atração predileta!”.
Você responde:
“-Eu também adoro!”

Logo após a primeira quedinha, temos a dimensão da altura da grande queda que pode ser vista à direita. Passando uma pequena subida começamos a conhecer um pouco a vida do protagonista coelho e seus amigos. 

Ao som de “How do you do?” as águas nos levam à queda denominada Slippin’ Falls. À frente o bosque cheio de vida, com sapos, aves, uma raposa e um urso atrapalhados, além do coelhinho e da coelhinha. 

A jornada nos leva ao Laughing Place e uma queda no breu vem nos apresentar um ambiente mais escuro com águas saltitantes. Segue a história até a visualização de uma subida íngreme que nos guiará até o ponto alto da atração, uma queda de aproximadamente 15 metros. 

Ao final vemos que deu tudo certo com o nosso herói e um grande coral canta “Zip-a-dee-doo-dah” para comemorar. 

Não chegamos nem na hora do almoço e já experienciamos muita coisa. Se você gostou acompanhe a continuação deste nosso dia na próxima publicação.

Have a magical day!

Deixe seus comentários abaixo!

Leia aqui a parte 2.