Para muitos, Disney e Orlando são praticamente sinônimos. E eu não os culpo. A Orlando que temos hoje deve muito, mas muito mesmo, à Walt Disney Company.

A própria presença do Universal Orlando Resort foi o fruto direto da decisão do mestre Walt Disney de criar ali o seu novo resort.

Agradeça ao Walt!

Em outras palavras:

  • Você curte os parques da Universal em Orlando? Agradeça ao Walt.
  • Você curte SeaWorld Orlando? Agradeça ao Walt.
  • Você curte o complexo hoteleiro relativamente econômico quando comparado ao resto dos Estados Unidos? Agradeço ao Walt.

Foi a instalação do Projeto Flórida (que depois se tornou Walt Disney World) que desencadeou todo o crescimento e evolução que criou a cidade de Orlando que conhecemos e amamos hoje.

Balão do Mickey com Castelo da Cinderela ao fundo
Balão do Mickey com Castelo da Cinderela ao fundo

Evitar os problemas do passado

O novo Resort, dessa vez na Flórida, viria para solucionar alguns dos problemas do complexo do oeste, onde fica a Disneyland, o seu primeiro parque temático.

O principal problema que foi encontrado na Disneyland original foi a falta de capacidade de crescimento.

Na época lhes pareceu prudente comprar somente a quantidade de terras necessárias para a construção do parque inicial, sem espaço para novos parques e sem o famoso “buffer”, aquele espaço verde entre as partes construídas e o resto do mundo, que é um dos grandes diferenciais no resort da Flórida.

Esse “buffer” é responsável por isolar os Guests do mundo real e deixá-los imersos na magia e na tematização que são grandes diferenciais Disney.

Seja teletransportado a um mundo de magia

Ao entrar nas terras de Walt Disney World somos transportados para um mundo controlado de ponta a ponta para que tenhamos a melhor experiência de viagem possível.

Quando estamos em um dos parques temáticos da Disney, em um dos hotéis ou restaurantes do complexo, é como se realmente estivéssemos em outro mundo, em um mundo cheio de magia e diversão.

Detalhe de tematização no Pavilhão da França, no parque Epcot
Detalhe de tematização no Pavilhão da França, no parque Epcot

Tematização é peça-chave na experiência Disney

Essa imersão que realmente nos transporta para outra dimensão se deve a alguns fatores, o principal deles é a tematização, algo que a Disney domina fortemente.

Tematização é a arte de envolver nossos cinco sentidos com um tema. Se o restaurante estiver em Harambe, área da África no Animal Kingdom, ele parecerá com um restaurante de algum país africano. Os sons e a trilha sonora lhe remeterão àquele lugar distante. As texturas das mesas, cadeiras, parede e tudo mais ajudarão a criar o clima daquele ambiente. Os sabores lhe remeterão àquele destino (ou época histórica, dependendo do caso). E, com o sentido do paladar, vem também o sentido do olfato, dando mais realismo à tematização.

Considerações Finais

E é por esses motivos que, na minha opinião, o melhor de Orlando é a própria Disney. Cada um dos seus incríveis parques temáticos, seus hotéis, restaurantes, seu distrito de entretenimento Disney Springs, e toda natureza que separa a Disney do resto da grande Orlando.

Em sua próxima visita a Orlando, tente evitar a tentação de ver um pouco de tudo. Orlando tem muitos atrativos e você nunca vai conseguir ver tudo. Lembre-se que você vai voltar, e use seu tempo por lá para aproveitar o que há de melhor. Aproveite o Walt Disney World Resort da melhor maneira possível. Você não vai se arrepender!

Uma versão deste texto apareceu originalmente na revista Orlando em Revista, edição #31, de Maio/Junho de 2018.

Para a sua viagem

  • Cote tickets, passagens aéreas, seguros, carros e muito mais aqui.
  • Para hospedagem em casas de temporada veja aqui.
  • Plano de telefonia e internet no exterior aqui.
  • Fotografia nos parques e transfer aqui.
  • Assessoria em vistos aqui.
  • Roteiros fantásticos aqui.
  • Assessoria de viagem aqui.
  • Mentoria em Crinção de Conteúdo aqui.

Veja também: