Há um enorme número de lendas, mitos e hipérboles sobre Orlando e Disney.

Você tem basicamente duas opções. Você pode acreditar nelas e, dessa forma, limitar fortemente sua experiência de viagem

Ou então seguir a nossa sugestão e colocar esses mitos em teste e, dessa forma, garantir a melhor experiência de viagem possível.

Mas lembre-se, alguns mitos são baseados em fatos reais, outros não tem fundamento algum.

Como bom curioso que você deve ser, saber quais tem algum fundamento e quais foram criados do nada pode lhe ajudar bastante a tomar a melhor decisão possível.

Mito 01 – você deve visitar o parque Magic Kingdom em sentido anti-horário

Essa dica velha vem de muito tempo atrás e, pode até ter feito sentido em algum momento, tipo lá na década de 90, mas hoje já não faz mais sentido algum.

O número de atrações e atividades nos parques antigamente era muito menor do que hoje e, por isso, traçar uma rota era algo muito mais fácil do que é hoje.

Os parques não são mais lineares (se é que algum dia já foram) como as pessoas que regurgitam essa dica velha tentam fazer parecer.

Vamos pôr em teste? Ok, digamos que você decida seguir essa dica velha e obsoleta e vá visitar o parque no sentido indicado por esses “especialistas”.

Eles indicam visitar primeiro a Tomorrowland, que é onde fica uma das atrações mais concorridas do parque, a Space Mountain. 

Você acha mesmo que vale a pena começar por lá? Isso vai depender completamente do horário de sua chegada e de suas prioridades.

Se você chegar antes do parque abrir, mas antes mesmo, ao ponto de ter entrado na Main Street U.S.A. e esperar a Rope Drop (“queda da corda” em frente ao Castelo da Cinderela você vai poder entrar em sua primeira área temática, a Tomorrowland.

Nela você vai obviamente priorizar a Space Mountain, certo?

E depois? Você vai nas outras atrações dessa área? Ou vai para a próxima área, a Fantasyland?

E na Fantasyland? Vai para a direita ou esquerda? Se for para a esquerda a primeira atração que você vai encontrar a entrada vai ser The Many Adventures of Winnie the Pooh. É nela que você vai entrar ou vai caminhar mais um pouco e vai entrar na Seven Dwarfs Mine Train?

Ou em vez de entrar à esquerda você vai à direita na Fantasyland. Lá você vai priorizar o Dumbo, o Barnstormer, ou quem sabe Under The Sea – Journey of the Little Mermaid?

Entendeu como essa lorota de visitar o parque no sentido anti-horário não ajuda em nada a você entender o que fazer, em que ordem, em que momento e com que prioridade?

Mito 02 – Sempre evite programar sua visita ao Magic Kingdom em uma segunda-feira

Essa lenda é bem antiga e ainda continua a ser replicada por muitos “entendidos em Disney”.

Ela parte de um pressuposto de que os grupos de viagem costumariam chegar aos domingos e que todos eles iriam ao Magic Kingdom já no dia seguinte, causando um movimento super acima da média nesse dia da semana específico.

Grupos chegam e saem da cidade todos os dias. Eles não ficam limitados à uma agenda de chegada e saída específica.

Então, na próxima vez que aquele “expert” falar para evitar o Magic Kingdom às segundas-feiras você tem duas opções: Ou você finge que acredita na teoria furada dele, ou você tenta explicar ao expert que as coisas não funcionam assim.

Mito 03 (parcialmente real) – A água dos bebedouros é horrível e quente

A água dos bebedouros é de graça. Começa por aí!

Você pode gastar 4 dólares por garrafa de água e justificar que essa decisão lhe fornece uma água mais gostosa e mais gelada, ou você pode analisar a questão com mais atenção e, dessa forma, economizar um dinheirão ao final de sua visita a Orlando.

A água dos bebedouros tem um pouco de gosto? Tem sim, esse gosto vai de bem fraquinho a até bem fortinho.

Isso quer dizer que esta água seria imprópria para consumo? Com certeza não. A água de todos os bebedouros Disney é completamente adequada e segura para beber.

Tomando água em um bebedouro na Fantasyland, no parque Disney's Magic Kingdom
Tomando água em um bebedouro na Fantasyland, no parque Disney’s Magic Kingdom

A causa dessa diferença de sabor, ao contrário que muitos dizem, não tem relação com o fato do terreno dos parques ser pantanoso ou algo assim.

A razão e uma diferença no perfil mineral. Ou seja, ela é diferente da nossa, então a gente estranha o sabor.

Note que mesmo o sabor de muitas das águas engarrafadas que podemos comprar no Walgreens, Walmart, Target etc também é considerado ruim por muitos brasileiros que estão acostumados com outro perfil mineral.

Mesmo as águas engarrafadas não minerais por lá (essas são a maioria, basicamente água da rede filtrada e tratada para depois ser engarrafada e vendida) acaba sendo complementada por minerais e o gosto é diferente desse que estamos acostumados.

E qual o segredo para tomar água o dia todo nos parques sem gastar nada e não precisar depender só de bebedouros?

Simples. Basta solicitar um copo de água com gelo em qualquer restaurante Quick Service.

Você nem precisa comprar nada para ter direito a esse copo d’água. Basta chegar e solicitar:

“Can I have a glass of ice water, please?”

Esse é o padrão e os Cast Members estão acostumados com esse pedido e lhe atenderão prontamente (desde que estejam livres, caso contrário é só esperar um pouquinho).

Em alguns restaurantes Quick Service você vai até notar que sempre que os Cast Members tem um tempinho livre eles ficam enchendo copos com gelo e água para facilitar na hora de entregar esses copos para nós Guests.

É isso, muito simples. Nada mais de levar várias garrafas d’água para os parques e nem de pagar caro por aquelas garrafinhas (você pode pagar, a decisão é sua, eu só estou aqui apresentado uma solução mais econômica para suas necessidades de hidratação).

Mito 04 – O parque Disney’s Animal Kingdom fede

Tem gente que anda dizendo por aí que o parque Disney’s Animal Kingdom fede.

Bom, se você nunca saiu do seu apartamento na cidade talvez você ache isso.

Gente, aquilo é cheiro de natureza. Sabe? Plantas, água, tudo isso tem cheiro.

Mas feder? Aí não. A não ser que…

Você esteja falando especificamente da atração Kilimanjaro Safaris. Nela você faz um passeio por dentro de uma réplica da Savana.

Mas mesmo nesse caso, que certamente vai ter mais o cheiro até de fezes de animais, o cheiro faz total sentido para o ambiente onde estamos.

Mito 05 – Dá pra “fazer” o parque tal em um único dia

Essa é das mais absurdas. Eu já nem gosto do termo “fazer parque”, prefiro termos mais positivos como: visitar, ver, e outros que reflitam melhor o que sinto em minhas experiências nos parques.

Algumas pessoas tentam fazer parecer que você pode ter uma experiência completa nos parques ao visitá-los em um único dia.

Alguns não exageram tanto e dizem que verá poderá experimentar todas as principais atrações. E mesmo assim, em geral, isso não costuma refletir a verdade.

Os parques, principalmente os da Disney, tem muitas atrações, experiências, cantinhos e nuances a serem experimentados. Mesmo pessoas como nós, que já foram muitas vezes para Orlando, nunca viram tudo de que há para ver em um parque.

E mesmo que você consiga visitar um parque importante como o Magic Kingdom duas vezes na mesma viagem, ainda deixará muitas experiências de fora. 

É isso é ótimo! Significa que são muitas boas as experiências a serem experimentadas e, sempre é bom ter razões pra voltar! Não é verdade?

Mito 06 – Na Flórida você não precisa saber falar inglês

That’s bullshit! 

É claro que pessoas que não falam inglês viajam para a Flórida todos os dias e conseguem “se virar”. 

A questão aqui é que o mito diz que você “não precisa falar inglês na Flórida” e que o domínio da língua inglesa não fará falta. Isso é certamente um absurdo.

Sim, várias pessoas conseguem sobreviver à uma viagem para a Flórida apontando para ítens de menu em um restaurante, fazendo mímica, falando portunhol em alguns casos, e por aí vai. 

O que pouca gente considera é que a sua experiência passa a ser muito limitada com estas barreiras linguísticas. 

Faça questão de ter alguém em seu grupo que pelo menos tenha um pouco de fluência no idioma inglês em suas viagens para a Flórida, para os Estados Unidos de forma geral, e para qualquer outro país onde você não domine o idioma local. 

Lembre-se, a língua inglesa é o idioma universal.

Mito 07 – Nos Estados Unidos só se come hambúrguer e batata frita

Este mito pode até ser verdade, mas só se você quiser que ele seja. 

Cá entre nós, sabe onde foi que eu comi a maior quantidade de batatas fritas em viagem até hoje? Surpreendente foi na Europa, principalmente na Holanda, Bélgica, Norte da Itália, e Alemanha. 

Voltando agora para os Estados Unidos, você só vai passar sua viagem inteira por lá comendo Fast Food se quiser. 

Há opções para todos os gostos e bolsos por lá e você vai encontrar comida de qualquer parte do mundo e de qualquer etnia.

Mesmo que seu amigo que acabou de voltar de lá lhe disser o contrário, não acredite. Faça sua pesquisa e tire suas próprias conclusões.

Eu já ouvi diversas famílias voltarem da Flórida e alimentando ainda mais o absurdo mito de que por lá só se encontra hambúrgueres, pizzas, e batatas fritas. Alegando que procuraram outro tipo de comida e que não se acha nada diferente por lá. Um absurdo. 

Até estórias míticas de pessoas que voltaram pesando menos por falta de opções de refeições normais eu já ouvi. 

Mito 08 – Para viajar com tranquilidade você precisa de um guia 

Viajar em grupos de excursão e com guias pode ser uma boa opção em alguns casos. 

Alguns exemplos em que viajar com guia pode ser uma boa opção: 

  • Adolescentes sem os pais,
  • Pessoas da terceira idade,
  • Pessoas que não falam nada de inglês,
  • Viagens para destinos muito exóticos e com diferenças culturais extremas.

Mas viagens em grupo não costumam ser boas opções boas pra mim, de forma que eu nunca as considero para minhas viagens. 

E por eu nunca ter viajado para o exterior em uma excursão com guia, posso lhe assegurar que uma viagem independente pode ser ótima e ela pode acontecer sem problemas. 

A chave para uma viagem tranquila e sem problemas para a Disney quando você viaja de forma independente é a preparação prévia. 

Procure saber todos os detalhes possíveis sobre o destino Orlando e os parques, seus horários de funcionamento, suas diferentes atrações e locais para refeições.

Com tudo isso preparado, você não vai sentir falta nenhuma do grupo guiado. Melhor ainda, você vai se beneficiar de uma liberdade não teria caso tivesse participado de uma excursão.

Considerações Finais

O ser humano tem uma tendência grande a acreditar e a disseminar mitos e outras inverdades.

E viagens para a Disney costumam estar impregnadas desses mitos e teorias sem fundamento.

Esperamos que a lista acima possa ajudar você a ter a melhor experiência de viagem possível.

Como o Clube WDW pode lhe ajudar

Temos vários serviços e produtos disponíveis através dos nossos parceiros que podem contribuir fortemente em sua próxima viagem.

Se sente perdido e quer trocar ideias com quem entende de Disney e Orlando? Considere nossa Assessoria de Viagem clicando aqui.

Gostaria de ter toda a sua viagem planejada, de início ao fim? Solicite uma cotação de Roteiro Personalizado aqui.

Precisa de hotel, tickets para os parques e outras experiências, carro alugado, passagens aéreas e muito mais? Clique aqui.

Quer ficar conectado o tempo todo em sua viagem e nunca precisar ficar caçando wi-fi? Clique aqui.

Para descobrir todos os parceiros do Clube WDW e Eu Amo a Disney, clique aqui.

Já pensou em criar conteúdos que realmente impactam os leitores? Descubra nosso programa de Mentoria em Criação de Conteúdo para Blogs e Redes Sociais.